Tiago (21)Ser filho é herdar e ter as características de seus pais. Agora imagine se esse pai for o SENHOR JESUS? Essa foi a grande questão levantada na Vigília dos Filhos, realizada nesta sexta-feira 29 de Agosto, onde a mesma foi transmitida para 22 países em 3 continentes por vídeo conferência direto da Catedral Mundial da Fé, no Rio de Janeiro.

A noite foi repleta de músicas, peças e momentos inesquecíveis e um desses grandes momentos foi o testemunho do Mateus, que relatou ter sido traficante. Na época ainda menor de idade, via no crime, a maneira de se realizar, ser conhecido, usando da força e da violência, ferindo, machucando e sentindo prazer com isso. Mas a um ano e meio atrás, ele foi convidado à uma vigília do FJU e saiu de lá transformado, e uma semana depois chamou sua mãe e se entregou a justiça, pegando 7 meses dos quais pagou apenas 4 pelo seu bom comportamento e hoje se tornou um auxiliar da obra de Deus, servindo no altar.

“A Solidão” uma peça, mas não uma historia inventada e sim uma história real, onde foi relatado sobre um jovem que saiu de casa, conheceu as drogas, se viciou, foi abandonado, excluído da sociedade, e no ápice de seu desespero, tentou se matar, sendo salvo por um jovem do FJU.

O momento mais especial da vigília foi a mensagem dada pelo bispo Marcello Brayner, que falou para milhares de jovens espalhados pelo mundo inteiro que existem duas formas de você viver: a forma da fé e da emoção. O Jovem que quer vencer na vida tem que aprender a viver a fé racional. A fé é a certeza absoluta, mesmo em meio as dúvidas, incertezas,  ou qualquer tipo de adversidade. Está na bíblia que Deus está conosco e que o Espirito Consolador nos guardaria, então, mesmo que tudo pareça que não vai dar certo, você se mantém firme porque Deus prometeu e pronto. Ele não falha, nunca falhará! Então acredite em você!

Posteriormente, centenas de jovens se entregaram ao Senhor Jesus assumindo essa fé. Se batizaram cerca de 200 pessoas sedentas por se tornarem filhos de Deus.

Afinal, quem é filho de Deus?

Todo mundo diz que é filho de Deus. Mas só é filho o que de fato reconhece a Deus, quem obedece a vontade Dele. Tudo que um pai espera de um filho é obediência. E essa é a grande questão que ser filho de Deus trás: Obedecer a tudo que Ele ensina e receber tudo de bom que ELE tem, sua fé, misericórdia, compaixão e respeito. Pois quem é filho apresenta as características do pai.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA