Vigília das Estrelas no Pará

4
93

Na madrugada de sábado (19) a Força Jovem Universal Pará (FJU PA) realizou a Vigília das Estrelas, com uma meta: Receber direção para futuras decisões e atitudes que viessem, a partir daquele momento, e provocar uma manifestação do poder de Deus, na vida de todos aqueles que participassem desta madrugada.

A vigília foi realizada pelo líder do trabalho no estado, Pastor Roberto Guerra e direcionada a toda a liderança da FJU PA da região metropolitana de Belém; sendo a última do ano a ser realizada.

“Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto.” João 12:24

Baseando- se nessa palavra bíblica, exemplos de caráter foram dados em uma comparação espiritual com joio e trigo, como na parábola.

Assim como o trigo é curvado, também são os nascidos de Deus. São humildes, humilham-se perante o Senhor e curvam-se, pois estão cheios da presença do Espírito Santo e do conteúdo celestial. Isso reflete no seu comportamento e caráter.

Já os que não são nascidos de Deus são como o joio. Aparentemente estão de pé e são mais espertos e fortes. Porém estão vazios por dentro e isso também reflete no seu caráter. Por não terem o Espírito Santo no seu interior, discordam das direções dadas na obra de Deus. Sua característica principal é o orgulho e a malícia.

“O Joio são pessoas quase impossíveis de serem ajudadas e por isso seu tempo tem prazo de validade. Já quem morreu de verdade, não tem dificuldade nenhuma de fazer a vontade de Deus e, assim como diz na palavra, dará frutos.” – Comentou o Pastor Roberto Guerra.

Foi então realizada a oração de humilhação e reconciliação perante Deus e busca pelo Espírito Santo, para que todos fossem avivados e fortalecidos.

O Curta-metragem “O Grito da Alma”, realizado pela FJU Pará foi assistido por todos, mostrando o testemunho real da jovem Ingrid Saldanha. Ao final, os atores participantes do curta foram abençoados por toda a liderança junto ao Pastor Roberto.

Vigília das EstrelasNeiva Gomes, líder da FJU de Muaná falou ao final da vigília sobre a experiência espiritual que teve nesta madrugada:

“O momento que mais me marcou foi quando o pastor falou sobre a malícia, pois com o tempo muitos passam a olhar a obra de Deus com maus olhos, devido ao mau exemplo de muitos. E não podemos deixar isso acontecer. Hoje renovei minha vida espiritual.”

A vigília foi encerrada com uma oração por todos aqueles que um dia estiveram na presença de Deus e hoje encontram-se distantes, para que Deus viesse quebrar as forças malignas que atuam em suas vidas.

Mídia FJU Pará

4 COMENTÁRIOS

  1. Foi uma vigília maravilhosa, pode se dizer que houve salvação nessa casa. O curta apresentado foi muito bem feito , muito forte. Arrebentou!

DEIXE UMA RESPOSTA