Saiba Dizer Não a Violência no CEPOP em Campos

1
58

No Dia 15 De Novembro em Campos Dos Goytacazes , ocorreu no CEPOP (Onde Está situado o segundo maior palco da América Latina)  O grandioso evento da Força Jovem Universal, Saiba Dizer Não A Violência, contou com uma abertura inédita onde o Pastor Responsável pelo trabalho da Força Jovem Universal De Campos mostrou um vídeo falando sobre a violência e suas conseqüências. Pra agitar a galera ocorreram várias apresentações, confira abaixo:

Voz Da Liberdade, o cantor Vitor agitou a galera com o rap. O Grupo Força God marcou presença com o famoso pagode, Ed. Farias fez a galera sair do chão com o estilo da Bahia, Daniel Brayner também marcou presença e fez a galerinha pular e dançar, o cantor também cantou músicas inéditas como Vitória No Deserto e Espírito Santo (Priscila Alcântara), The Sings também agitou com suas músicas , tivemos também a participação de dois grupos de dança do Estado: Diference Beat e Passy Dance, onde ambos agitaram a galera com estilo hip hop dance e encerrando com o Bispo Marcello Brayner.

O Evento Também Contou com dois Testemunhos de Jovens que se encontravam perdidos e sem direção.

O Primeiro deles aos 11 anos foi violentado por uma pessoa de confiança da família, mediante a esse ocorrido , este jovem passou a ter traumas, usou drogas, teve complexos de inferioridade, e chegou ao ponto de se relacionar com várias pessoas inclusive homens.
Através de um Obreiro , ele conheceu o trabalho da Força Jovem , e percebeu que  alguém acreditava nele e que ali ele encontraria uma saída, hoje ele é uma pessoa feliz, bem casado e hoje tem um encontro com Deus .

O segundo testemunho relatou  um jovem que gostava de se envolver em brigas, tinha momentos que ele só saía de casa para brigar, sua mãe acrescentou que ele era um jovem muito rebelde, ao ponto de agredi-la fisicamente. Hoje ele é um jovem feliz, encontrou a paz, é um jovem obediente, e hoje ele sabe dizer não a violência.

Pra fechar o evento com chave de ouro, o Bispo Marcello Brayner agitou a galera com suas músicas e falou que ele tem viajado para vários lugares e tem visto que muitos jovens estão marcando suas vidas se auto-mutilando, não só com lâminas ou facas, mas também com cigarros, drogas, etc. E completou dizendo que pra tudo isso tem jeito e há uma saída. Logo após fez uma oração entregando a vida e a família de cada pessoa ali presente no evento.

 

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA