Saiba Dizer Não ao Suicídio – Santa Catarina

0
162

No último sábado, dia 19/11/2016 a Força Jovem Universal promoveu o evento Saiba Dizer Não ao Suicídio, no Parque de Coqueiros em Florianópolis, tendo início às 16h. Entre as muitas atrações apresentadas, estavam os grupos de dança Balé FJU, dois grupos de Dança Germânica, a banda Faith Girls e Banda Atos. Como atração principal, o cantor Daniel Brayner, que veio do Rio de Janeiro para agitar a galera. Foi uma tarde bem animada e descontraída, mas que trouxe uma mensagem muito importante para a juventude catarinense.

O suicídio já se tornou a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos e Santa Catarina é o segundo estado do Brasil com maior número de suicídios, diz pesquisa. O evento foi promovido com a motivação de ‘dizer não ao suicídio’. “Nós temos visto muitas pessoas acabando com a própria vida, acabando com o futuro, pensando que não vale a pena viver. Mas na realidade vale a pena viver, vale a pena aproveitar a vida, como os jovens que estiveram aqui hoje. Jovens que vieram de vários lugares uniram-se a nós para dizer não ao suicídio. É essa bandeira que temos levantado.” Comentou o coordenador estadual da FJU de Santa Catarina, pastor Adriano Lopes.

Sabemos que as estatísticas mostram que o número de casos de suicídio vem aumentando assustadoramente entre pessoas jovens, por este motivo a FJU busca conscientizar a todos sobre o assunto, mostrando que sempre há uma saída, não importa qual seja a situação. Carina Reis de 26 anos viveu na pele esse drama, quem a vê hoje feliz não imagina quantas situações difíceis ela já enfrentou. Os problemas com a família, as humilhações e as frustrações amorosas deram início ao período mais difícil de sua vida, ao ponto de pensar em suicídio:

…Entrei em depressão. Os pensamentos que passavam em minha mente eram: “minha família não me ama”, “eu nasci pra ficar sozinha”, “o problema sou eu” e também pensamentos de tirar minha vida, tais como: “se mata, não tem mais jeito”, “se joga na frente de um carro”. Chegou ao ponto que eu subi na sacada do prédio em que morava para me jogar de lá. Eu olhava lá de cima para o chão e me via jogada lá embaixo morta.” Em um desses momentos ela se lembrou dos antigos amigos da FJU, foi então que desistiu do suicídio e buscou ajuda. “Através da FJU eu encontrei a família que nunca tive, descobri que sou importante, que tenho valor, aqui fui acolhida. Encontrei a saída que procurava e hoje sou feliz, amo a vida.”.

Hoje Carina faz parte da Força Jovem Universal e sua vida foi transformada, assim como ela muitos jovens encontraram forças para dizer não, mas não apenas ao suicídio, mas também aos vícios, as drogas, as tristezas e tudo o que os aprisionava. A cada evento, a FJU leva aos jovens conscientização e uma oportunidade de mudar de vida. Além dos eventos, há os encontros semanais, chamados de “Conexão FJU” que acontecem em todo o Brasil. Você também pode fazer parte dessa grande família, basta procurar a FJU mais próxima de você, com certeza será recebido de braços abertos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA