O ano de 2016 começou a todo vapor para a FJU, com um dos principais eventos esportivos do ano: o Nocaute às drogas. O evento ocorreu no dia 03/04 na arena de Cotia (SP) e contou com mais de 60 mil pessoas, segundo Corpo de Bombeiros.

Lutadores nacionais e internacionais disputaram títulos e cinturões profissionais nas modalidades boxe e muay thay. Bandas e apresentações de dança também animaram a multidão, mostrando os talentos da FJU em cima do palco. Grupo Sete, Banda Blessed, Grupo The Lord, Banda Vozes, Daniel Brayner e Grupo Alpha impressionaram o público.

O objetivo do evento foi de, por meio das apresentações musicais e do esporte, mostrar que é possível ser feliz e se divertir sem o uso das drogas. “O evento é muito importante, pois não tem somente pessoas que pertencem a Força Jovem Universal, mas também pessoas que são dependentes químicas. Acredito que através deste evento, eles podem se interessar pelos nossos projetos”, comenta Géssica Santos, de 24 anos . Para Bruno Batista, de 21 anos, eventos como esse são muito importantes para ajudar quem sofre. “Eu era um jovem depressivo e tinha muitos problemas interiores que ninguém sabia. Tinha complexos e sempre pensava em suicídio, até que um dia fui convidado a conhecer a Força Jovem e descobri o meu valor. Vi que sou capaz de vencer as dificuldades da vida através de um Deus que acredita em mim e é por isso que hoje não apenas participo, mas convido outros jovens”, diz.

As lutas foram segregadas em 3 tipos:

Boxe Olímpico amador – 1º Torneio WPC

• Gabriel x Lucas (cadete masculino 44kg);
• Jaciane x Saíonara (feminino 57 kg);
• Suelen Moraes x Gisele Walker (cadete 48kg);
• Leonardo Bandeira x Uelson (galo 57kg);
• André Silva x Mozart (super pesado);
• Marlon Almeida x Matheus Bittencourt (estreiante);
• Felipe Augusto x Alex (estreiante);

Desafio São Paulo x Rio de Janeiro

• Brendon Santos x Jefferson Faustino (Cadete Mosca);
• Maxwel Almeida RJ x Tauan Mendes (Cadete 69kg);
• Matheus Moreira da FJU SP x Vinícius Araujo da FJU RJ (Cadete 75kg);

Muay Thai

• Brendon Santos x Jefferson Faustino (Cadete 57kg);
• Lukas Vinícius x Luciano Santos (Cadete 66kg);
• Mark Higgnbothn x Flávio Costa (Cadete 75kg);

E para finalizar a noite, a Elica Jamile (integrante da FJU) lutou na modalidade boxe contra a Jéssica Paula e manteve novamente seu cinturão sul-americano. Já o lutador da FJU Giovanni Andrade, enfrentou o argentino Walter Rojas e venceu pela vigésima vez, mantendo a posse do cinturão mundial da World Pugilism Commission (WPC).
A comemoração gerou expectativa pela próxima luta, os jovens saíram satisfeitos e entenderem o recado passado sobre a conscientização contra as drogas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA