17884225_1878236932309491_5022360361988055498_nTrês, dois, um… o gongo soou e deu-se início ao Nocaute as Drogas, evento que marcou o Rio de Janeiro, realizado pelo Força Jovem Universal. Localizado na Zona Oeste, o Complexo Esportivo Miécimo da Silva foi o espaço escolhido para os lutadores de muay thay e boxe demostrarem através de suas habilidades a luta contra as drogas. Aproximadamente 6 mil jovens expectadores vibravam a cada golpe, acompanhando round a round os combates amadores.

“Eu nunca imaginei que poderia estar em um evento como esse, onde pude participar fazendo o que eu gosto que é o muay thay. E depois dessa luta a sensação que tenho é de alívio, de dever cumprido. Me preparei muito para estar aqui e eu gostei muito.”
(Arnold, ganhador da luta de amadores de Muay Thay).

O Nocaute da tarde foi seguindo com diversas atrações, como as bandas do FJU, The Signs, Banda Trindade e Time do Alto com Shyrley Gleice, tiveram participação com suas apresentações de músicas, contagiando e levando muita animação ao público. As companhias de Dança Church Dancing e The Saviors também deram um show com suas coreografias sincronizadas de hip hop.

“É a primeira vez que estou em um evento do FJU, e esse com certeza ficará marcado. Está tudo muito organizado com boa estrutura. E acredito que isso tudo realmente será um nocaute as drogas.”
(Junior Torres, 18 anos – Bloco Oeste).

Jovens de todo o Rio de Janeiro torciam por seus lutadores favoritos. Sendo assim, com muita animação foi chegada a hora dos lutadores profissionais entrarem no ring e mostrarem suas habilidades de boxe e muay thay. A luta mais esperada foi a de Giovanni Andrade, campeão mundial de boxe profissional. Que no 4º round ganhou o combate contra o seu adversário, Reginaldo Carvalho.

COMPARTILHE

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA