Conscientização contra as drogas

0
126

Crise, corrupção, problemas políticos, o Brasil enfrenta diversos males nos últimos anos, mas de todos, o crescimento do crack nas grandes cidades vem assustando ainda mais a sociedade, o que transtorna a população é que muitas vezes, o assunto não é tratado com a atenção que merecia, medidas paliativas são aplicadas, como a ocupação de área com grande número de adictos concentrados, aparentemente o problema foi resolvido, mas o que acontece na verdade é que essas pessoas ocupam outras áreas, aumentando assim os locais para o consumo dessa droga tão mortal e destrutiva, não somente a quem usa, mas para a família, amigos e todos que de forma direta ou indireta são atingidos, pelos males que ela causa, a família sofre por não saber como reagir diante do vício, e muitas vezes abandona a pessoa, a obrigando a viver nas ruas como “zumbis”, sem rumo e sem uma direção a seguir, como não sabem o que fazer para sustentar o vício, optam pelo roubo e dessa forma a população sofre pelo grande aumento de assaltos.

Mas diante de tudo isso, o que fazer para reverter essa situação? Trabalhos de conscientização, como os realizados pelo FJU, levam aos cidadãos refletirem, que o fato de não conhecerem alguém que sofre desse mal, não significa dizer que o problema, não são delas também, e que a sociedade pode fazer a sua parte. Existe sim, um caminho através da fé, capaz de reverter as piores de todas as situações e que é possível sair desse abismo chamado crack, que talvez para muitos é algo distante, ou talvez impossível. A Igreja Universal, realiza um tratamento chamado a cura dos vícios, que é realizado todos os Domingos às 15h, para todos aqueles que estão desacreditados e sem esperança de cura, não importa a sua situação, o FJU acredita na transformação de um adicto.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA