Conexão FJU – O que eu disser, verei

0
168

O livro de Provérbios capítulo 23, versículo 7 diz: ” Porque, como imagina em sua alma, assim ele é”. Muitas pessoas por não entenderem a importância e influência que a palavra trás sobre suas vidas, não lhe dão o real valor, e por inúmeras vezes pronunciam palavras negativas que expressam insegurança, fracasso e tristeza sem saber que isso irá refletir diretamente no andamento de suas vidas.

A palavra tem um poder transformador, e é capaz de trazer à existência aquilo que não existe. Baseado nesta palavra a juventude paraense pôde dar o primeiro passo rumo a tomar posse de sua mente, e alcançar seus objetivos futuros.

O pastor Antônio Moraes, atual coordenador da FJU Pará explicou sobre o poder da palavra.

“A palavra tem poder sobre quem fala e sobre quem ouve. Muitas pessoas, por exemplo, se olham e se julgam baseadas em uma palavra que ouviram dizer sobre elas mesmas. As vezes desde a infância ela ouviu palavras negativas a seu respeito, e hoje ela assume um papel de uma pessoa que ela não é.”

Uma oração foi realizada em favor dos jovens que reconheceram que tem dado mais ouvidos as vozes negativas do que a voz de Deus. Na oportunidade também foi realizado um clamor de mãos dadas contra os males que tem destruído a vida de inúmeras pessoas em nossa sociedade.

E com o intuito de mostrar aos presentes de que maneira eles podem aprimorar seus talentos na FJU, a cada sábado será feito uma pequena apresentação dos projetos que compõe o grupo. O objetivo é que dessa maneira os jovens interessados possam se encaixar com as atividades da Força Jovem Universal, e através desta proximidade se tornarem também mais próximo de Deus.

Mídia FJU Pará

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA