Caravana dos Visionários em Florianópolis

0
20

No último sábado, dia 29/08 foi a vez do Bloco de Florianópolis se reunir para a Caravana dos Visionários, realizada pelo pastor Alexandre Romero, coordenador da FJU de Santa Catarina. O tema abordado para esse Frequência Jovem foi “RAÍZES”. Foi uma [td_smart_list_end]tarde agitada com a banda Identidade FJU!

A raiz de uma planta serve para sua nutrição e, segundo o dicionário, significa “parte oculta de qualquer coisa, origem”. A raiz é imprescindível para a sobrevivência da planta, sendo esse um dos motivos pelo qual o jardineiro arranca pela raiz uma erva daninha, evitando que ela cresça novamente. Há muitas situações que acontecem e fazem nós nos perguntarmos: “Por que isso está acontecendo comigo?”. Talvez, uma desilusão amorosa, traições, uma doença hereditária, várias pessoas da família que morreram pelo mesmo motivo, amigos que viram as costas, a miséria, o desemprego, vícios e muitos outros problemas.

Muitos não entendem o porquê de tanto sofrimento, tantos problemas. Por isso, culpam o lugar onde vivem, seus pais, o mundo ou ainda, o sistema político. Mas na verdade todos esses problemas são folhagens e possuem raízes profundas que às vezes são difíceis de detectar. Talvez, a raiz seja a mágoa, o vazio ou traumas do passado. Bagagens que são carregadas por anos, e somente identificando e cortando essas raízes, as folhagens irão secar e morrer. Essas situações foram representadas através de uma peça teatral realizada pelo projeto Cultura. O pastor Romero explicou que ele também precisou cortar raízes ao chegar na FJU: “Eu levava uma vida completamente desordenada, usava drogas, ficava com várias garotas, eu estava mergulhado no pecado. Mas quando tive a oportunidade, decidi arrancar essas raízes da minha vida. No dia em que eu me entreguei à Deus, minha vida foi transformada.”.

Nessa Caravana, muitos jovens tiveram a mesma oportunidade de cortar raízes ruins, jovens como a Pamela: “O que me chamou atenção hoje foi quando o pastor falou sobre os jovens que tem algo enraizado dentro de si, e até sabem o que é, porém estão acomodados; não cortam essa raiz, não tomam atitude. Eu estava acomodada na fé, mas vim decidida a me entregar para Jesus. Tomei atitude, me batizei e a partir de agora vou ouvir e praticar a palavra de Deus.”.

Talvez você lendo essa matéria, identificou folhagens como as citadas acima e percebe que tem raízes na sua vida nutrindo estes problemas. Certamente já ouviu a expressão “cortar o mal pela raiz”, pois é isso mesmo que você precisa fazer para se ver livre do sofrimento que tem carregado durante toda sua vida. A escolha é sua. Ou você corta as raízes, ou as coisas só tendem a piorar. Procure a FJU mais próxima de sua casa e participe da FJU, pois ali você irá aprender como cortar essas raízes e receberá as forças necessárias para plantar coisas boas.

galeria

 

COMPARTILHE

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA