Você sabe qual é o motivo da sua existência?

Conforme crescemos e amadurecemos,é comum planejarmos o futuro. Notamos a importância de se ter um bom aprendizado, um bom cargo. Mas com o passar do tempo não é fácil fazer com que esse plano se materialize, no caminho encontramos diversas situações que acabam nos impedindo de focar no que queremos e desviamos daquilo que nós havíamos projetado.

Seguindo esse pensamento, o projeto Cultura FJU apresentou uma encenação baseada na vida do jovem Paulo, que tinha o sonho de ser astronauta. Ele se mostrava bem focado em seus objetivos, por motivação de seu pai inscreveu-se em uma Universidade, onde tentou se encaixar, mas encontrou apoio somente em pessoas que lhe mostraram um outro lado da vida que até então ele desconhecia, oferecendo drogas, mulheres, festas regadas a bebidas, entre outros. Para se sentir aceito, disse sim para tudo! Mas ao contrário do que imaginava, perdeu até o que não tinha, se perdeu completamente, chegando ao ponto de não saber mais o sentido de sua vida, até que em um momento de desespero, lembrou de um amigo que tinha a vida que ele sonhava quando chegou à universidade, esse amigo lhe mostrou que a maior ferramenta para chegar ao seu desejo era JESUS. Paulo tomou a decisão de ser visionário como o amigo, conheceu à DEUS, e finalmente descobriu o real motivo de sua existência: adorar à Deus com a própria vida e talentos.

Um exemplo da vida real é o jovem Danilo que, tinha vários talentos, um deles era o de ser rapper. Na juventude ele cantava nas comunidades do Rio de Janeiro. Após uma apresentação na Comunidade em que havia uma facção adversária de onde ele morava, teve problemas e foi expulso de sua casa. E posteriormente viveu na vida do crime. Chegou ao FJU doente e com a vida destruída, e hoje após ter a vida transformada descobriu outros talentos, um desses talentos foi no esporte, o qual hoje ele ajuda outros jovens, que como ele chegaram perdidos na FJU.

”Deus dá habilidade, conhecimento e inteligência para que venhamos alcançar nossos objetivos, mas só depende de nós superarmos as expectativas e acertar nossos alvos.”

COMPARTILHE

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA